PROFESSORES AFIRMAM: COMPROMISSO PRINCIPAL É COM OS ALUNOS!

EDUCAÇÃO

O ano letivo começou bem na maioria das escolas estaduais do Piauí. Apesar da greve deflagrada pelo Sindicato dos Trabalhadores em Educação (Sinte), muitos professores não aderiram ao movimento por acreditarem que o momento não é propício para a paralisação das aulas.

Uma das escolas em que as aulas iniciaram normalmente é o Centro de Ensino Fundamental em Tempo Integral Padre Joaquim Nonato, bairro Bela Vista, Teresina. Por duas vezes segunda colocada no Prêmio Gestão e um dos melhores IDEBs do Estado, a escola tem 314 alunos e mais de 40 profissionais que transformaram a mesma em um exemplo de educação a ser seguido. “Acredito que a escola pública tem que resgatar a confiança da comunidade e a escola de Tempo Integral tem um grande papel nessa luta”, afirma Francisca Batista, diretora.

 

Em relação à greve, a preocupação da gestora é com a reposição das aulas que muitas vezes é realizada de maneira insatisfatória. “Apesar de ser um direito do trabalhador em educação, pedimos aos da nossa escola que tivessem calma para evitar que houvesse perdas para os alunos. Pudemos verificar em outras ocasiões que na reposição de aulas há um prejuízo para estes, algo que não interessa a nossa sociedade”, pontua.

Já para professora do 3° ano, Norma Beatriz, apesar da cobrança constante por melhor estrutura e valorização salarial, tem que se pensar primeiramente no aluno. “A escola, seja ela de Tempo Integral ou não, deve pôr o interesse do aluno em primeiro lugar, por isso apoio a luta da categoria, mas cumprindo com o meu dever de educador; não frustrando os sonhos dessas crianças”.
O pequeno Sauan Moroni (10 anos) cursa o 5° ano na escola e fala da felicidade na volta às aulas.

“Ontem foi nosso primeiro dia de aula e tivemos música, dança, brincadeiras e apresentação das regras da escola. Fico sempre esperando o início das aulas para ver meus colegas e estudar com os ótimos professores que tenho”, concluiu o aluno que está há cinco anos na escola.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>